app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5754
Polícia

Policial civil � recebido � bala por marginais na Santa L�cia

O policial civil José Reinaldo da Silva Cavalcante, lotado no Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil, foi recebido à bala ao tentar abordar dois marginais no Loteamento Santa Lúcia, no Tabuleiro do Martins, no início da semana. Ele revidou os tiros

Por | Edição do dia 27/11/2002 - Matéria atualizada em 27/11/2002 às 00h00

O policial civil José Reinaldo da Silva Cavalcante, lotado no Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil, foi recebido à bala ao tentar abordar dois marginais no Loteamento Santa Lúcia, no Tabuleiro do Martins, no início da semana. Ele revidou os tiros, prendendo um dos bandidos, mas o outro conseguiu fugir. No depoimento prestado na Central Integrada de Atendimento Policial ao Cidadão (CIAPC II), que funciona no prédio da Delegacia do 5º Distrito, no Tabuleiro, o policial informou ter percebido que dois homens, ainda jovens, estavam em atitude suspeita. “Tentei interceptá-los, mas eles reagiram”, explicou Reinaldo, que escapou por milagre. José Adriano, conhecido por “Rabugento”, declarou que já esteve preso, por envolvimento em assalto e tráfico de drogas. Ele afirmou que, ao perceber a aproximação do policial, decidiu “abrir fogo” e fugir. “Só que não deu tempo, porque ele atirou também. Meu amigo aproveitou o tiroteio e foi embora e prometeu se apresentar ao delegado daqui do 5º Distrito”, garantiu. O outro delinqüente foi identificado como “Júnior”. O delegado do 5º Distrito, Cícero Rocha, revelou que Adriano está preso por tentativa de homicídio contra o policial e porte ilegal de arma. O flagrante foi encaminhado à Justiça e a autoridade policial aguarda determinação para transferi-lo para o São Leonardo.

Mais matérias
desta edição