app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5754
Polícia

Ex-detento � seq�estrado, assassinado e “desovado”

O ex-detento José Carlos da Silva, 23, foi encontrado morto com vários tiros, ontem, em um canavial próximo ao conjunto Benedito Bentes. Ele havia sido seqüestrado por quatro homens, que se identificaram como policiais, ocupando um Gol, branco, placa

Por | Edição do dia 29/11/2002 - Matéria atualizada em 29/11/2002 às 00h00

O ex-detento José Carlos da Silva, 23, foi encontrado morto com vários tiros, ontem, em um canavial próximo ao conjunto Benedito Bentes. Ele havia sido seqüestrado por quatro homens, que se identificaram como policiais, ocupando um Gol, branco, placa MUK 0785, provavelmente fria, na última quarta-feira. A vítima foi levada da porta de sua residência, localizada na Rua Santa Maria, 150, no Vergel do Lago, segundo sua esposa, cuja identidade não foi revelada pela polícia. O sargento PM Fagundes, da Radiopatrulha, designado pelo Centro de Operações da Polícia Militar para atender à ocorrência, destacou que os homens, não identificados, afirmaram que José Carlos estava preso, colocaram ele dentro do carro e deixaram o local, tomando destino ignorado. A esposa do ex-detento informou aos PMs que o marido esteve preso por seis meses no Instituto Penal São Leonardo, por praticar assaltos à mão armada, havia cumprido parte da pena e estava sob liberdade condicional. Declarou, também, que seu marido atendeu os supostos policiais e seguiu com eles. No entanto, sua prisão não está registrada em nenhuma delegacia de Maceió. O delegado Manoel Wanderley Cavalcante foi informado do seqüestro seguido de morte e determinou a instauração de inquérito policial. Ele deve ouvir, ainda hoje, a esposa de José Carlos para saber se tem condições de reconhecer os quatro homens que estiveram em sua residência e fornecer detalhes do ocorrido.

Mais matérias
desta edição