app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Polícia

Capturados mais tr�s membros de quadrilha que matou militar

O Serviço Reservado da Polícia Militar prendeu mais três acusados de envolvimento na tentativa de assalto contra um ônibus da Empresa Zacarias Turismo, ocorrido na última segunda-feira, entre os povoados de Bolívar e Rancho Alegre, em São Sebastião. No at

Por | Edição do dia 01/03/2002 - Matéria atualizada em 01/03/2002 às 00h00

O Serviço Reservado da Polícia Militar prendeu mais três acusados de envolvimento na tentativa de assalto contra um ônibus da Empresa Zacarias Turismo, ocorrido na última segunda-feira, entre os povoados de Bolívar e Rancho Alegre, em São Sebastião. No ataque, o cabo PM José Carlos Lopes da Silva, 32, que estava no ônibus, reagiu a tiros, matou um dos assaltantes e terminou assassinado. Duas passageiras ficaram feridas a balas. Os bandidos confessaram outros seis roubos, que renderam cerca de R$ 30 mil. O delegado regional de Penedo, Rubens Cerqueira Filho, informou que foram presos pela PM Claudemir Bernardo dos Santos, 24, o “Cal”, o irmão dele, Claudiano Bernardo dos Santos, 23, e Adeilton Silva dos Santos, 38, que emprestou um revólver aos bandidos para cometerem o crime. “Cal” foi preso numa propriedade em Taquarana, enquanto seu irmão Claudiano, em Maceió, e Adeilton foi localizado pela polícia na periferia de Arapiraca. Eles confirmaram ter participado do assalto contra o ônibus, em São Sebastião, no qual o policial militar acabou morto. Disseram que Josemir Lopes da Silva entrou primeiro no coletivo, travando tiroteio com o soldado José Carlos. Os três tiveram suas prisões decretadas ontem mesmo pelo juiz Jairo Xavier, da comarca local. Agora, segundo o delegado, só falta um assaltante ser preso, o que está identificado apenas por “Rubinho”. Claudemir e Claudiano confessaram ter roubado uma carreta com uma carga de charque e frangos próximo à Igreja Nova, avaliada em cerca de R$ 20 mil. O motorista da carreta ficou amarrado num matagal às margens da Rodovia BR-101. Segundo o delegado, eles revelaram também que “Rubinho” e Josemir, além de Silvano (do movimento dos sem-terra) tentaram roubar duas motocicletas, em Lagoa da Canoa, para serem usadas no assalto que eles cometeram na Serra das Pias, em Palmeira dos Índios, que terminou na prisão de dois integrantes do bando, um deles identificado por “Nem”. A quadrilha também assaltou um ônibus em Porto Real do Colégio, e há dez dias assaltaram cinco marchantes em Capiatã, em Coruripe, levando R$ 16 mil, além de terem atacado um ônibus com o pagamento dos trabalhadores da Destilaria Paísa, em Penedo, que rendeu R$ 6 mil e de outro assalto ocorrido, dias atrás, no Povoado Palmeira Alta, também em Penedo, de onde levaram R$ 8 mil.

Mais matérias
desta edição