app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Polícia

Menor mata cunhada com facada no cora��o

A doméstica Josineide dos Santos Cavalcante, 25, foi assassinada com uma facada no coração à meia-noite de ontem, no bairro do Reginaldo, após discutir com a cunhada M.A.S., 17, apontada pela polícia como autora do homicídio. Josineide chegou a ser socorr

Por | Edição do dia 04/12/2002 - Matéria atualizada em 04/12/2002 às 00h00

A doméstica Josineide dos Santos Cavalcante, 25, foi assassinada com uma facada no coração à meia-noite de ontem, no bairro do Reginaldo, após discutir com a cunhada M.A.S., 17, apontada pela polícia como autora do homicídio. Josineide chegou a ser socorrida e conduzida para a Unidade de Emergência Armando Lages, onde veio a falecer. A menor, durante a briga, foi ferida com dois golpes de faca e foi presa em flagrante por uma equipe da Polícia Militar que passava pelo local. A acusada foi também levada para a Unidade de Emergência onde recebeu cuidados médicos, depois foi removida para o 6º Distrito Policial (jurisdição do crime), onde, em depoimento prestado ao delegado João Mendes, relatou que cometeu o crime porque foi ameaçada de morte pela cunhada. “Ela vivia prometendo me matar. Ontem, eu fui até a residência dela, no Jacintinho, para pedir que ela parasse com estas ameaças. De repente, ela partiu para cima de mim com uma faca. Me deu dois cortes. Eu tomei a faca e dei apenas uma facada. Mas não me lembro em que local”, relata M.A.S., que após ser interrogada foi transferida para a Delegacia da Defesa da Mulher onde está à disposição da delegada Aureni Santos Moreno. O cadáver de Josineide dos Santos Cavalcante foi trasladado para uma das pedras do Instituto Médico Legal Estácio de Lima. Peritos informaram que a doméstica sofreu um profundo golpe no coração e que já foi levada para o hospital em estado de óbito. “O socorro é um gesto natural. No entanto, ela já estava morta”, disse um funcionário.

Mais matérias
desta edição