app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Polícia

MP pode ganhar n�cleo contra crime organizado

As Procuradorias Gerais de Justiça de todo o País pretendem colaborar no combate à violência, criando promotores e núcleos especializados para enfrentar o crime organizado, atuando em conjunto com os setores de inteligência e informações dos órgãos de

Por | Edição do dia 02/03/2002 - Matéria atualizada em 02/03/2002 às 00h00

As Procuradorias Gerais de Justiça de todo o País pretendem colaborar no combate à violência, criando promotores e núcleos especializados para enfrentar o crime organizado, atuando em conjunto com os setores de inteligência e informações dos órgãos de segurança. A proposta partiu do Ministério Público de Alagoas e foi aprovado pelo conselho nacional da categoria. “Acreditamos que, com o crescimento da violência, deve haver uma participação mais efetiva dos MPs e de toda a sociedade”, avalia o procurador-geral de Justiça, Lean Araújo. Segundo ele, é preciso também capacitar agentes e componentes da assessoria militar que atuam no âmbito do MP, para que eles possam realizar um trabalho interligado com os órgãos de segurança do País. Araújo disse que o combate à violência na área do MP passa por investimentos na estrutura das Promotorias Criminais, que necessitam de mais recursos humanos e equipamentos. “Queremos tornar as instituições mais dinâmicas e eficientes, para que possamos agilizar os procedimentos investigativos”, afirmou. Em documento divulgado pelo conselho nacional, os procuradores gerais de Justiça externam a posição de que o combate à violência deve “ser enfrentada com extremo rigor pelo Estado, pois tem protagonizado o mais veemente atentado aos direitos humanos, disseminando o terror, o medo e, por consegüinte, a desagregação social”.

Mais matérias
desta edição