app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Polícia

Acusado em crime � julgado

O Tribunal do Júri julgou ontem Leonardo Byernes Carvalho Gonçalves, acusado de tentativa de homicídio cometido dentro da Choparia Maikai. O fato aconteceu no dia 19 de novembro de 2012 em um show. Segundo denúncia feita pelo Ministério Público (MP), Leon

Por | Edição do dia 11/09/2014 - Matéria atualizada em 11/09/2014 às 00h00

O Tribunal do Júri julgou ontem Leonardo Byernes Carvalho Gonçalves, acusado de tentativa de homicídio cometido dentro da Choparia Maikai. O fato aconteceu no dia 19 de novembro de 2012 em um show. Segundo denúncia feita pelo Ministério Público (MP), Leonardo ameaçou sacar uma pistola PT 938 para tentar matar José Filipe Leandro Machado, mas foi contido. Em juízo, o réu negou o crime até mesmo quando a suposta vítima o incriminou na acareação solicitada pelo juiz Maurício César Brêda, que comandou o júri popular. Leonardo Byernes justificou que a pistola pertencia a um agente penitenciário, com quem esteve no mesmo dia do fato. “Levei o meu colega em casa, no Medeiros Neto, e somente quando cheguei ao Maikai percebi a arma no porta-luvas do meu carro. Tentei contato para devolver, mas ele (o agente) estava muito bêbado e não atendeu. Levei a arma comigo e entreguei ao policial Rodrigo Avner, meu amigo do Bope, para que ele ficasse até a minha saída”, relatou.

Mais matérias
desta edição