app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Polícia

Policial Izabelle Pereira pode ter sido v�tima de homic�dio culposo

Os familiares da policial militar Izabelle Pereira dos Santos, morta em circunstâncias ainda misteriosas, esperam que fatos novos possam surgir no depoimento dos três militares que estavam com ela no dia em que foi atingida por uma rajada de metralhadora

Por | Edição do dia 18/10/2014 - Matéria atualizada em 18/10/2014 às 00h00

Os familiares da policial militar Izabelle Pereira dos Santos, morta em circunstâncias ainda misteriosas, esperam que fatos novos possam surgir no depoimento dos três militares que estavam com ela no dia em que foi atingida por uma rajada de metralhadora dentro de uma viatura da Radiopatrulha. Ontem, o advogado da família, Thiago Pinheiro, tentou contato com o delegado do caso, Lucimério Campos, mas não conseguiu. Porém, também ontem, o delegado disse ao portal Gazetaweb que a principal linha de apuração para o caso é homicídio culposo. O resultado do laudo da Perícia Oficial nas armas usadas pelos policiais e as circunstâncias da morte seriam as principais evidências, conforme o presidente do inquérito. A perícia concluiu que a submetralhadora não teria disparado sozinha, embora não estivesse nas condições ideais para o uso. O pai da militar, Cláudio Silva dos Santos, disse que muitas são as dúvidas dos familiares, por isso, eles querem acompanhar todos os detalhes da investigação. É por crer na possibilidade de que novas informações surjam, que a família também acredita que não será necessária a realização da exumação do corpo da vítima. Quando solicitou o procedimento ao juiz José Cavalcanti Manso, o delegado Lucimério Campos informou que quer esclarecer a informação de que não foram retiradas balas do corpo de Izabelle, quando ela foi atendida no Hospital Geral do Estado (HGE).

Mais matérias
desta edição