app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5729
Polícia

Acusados de assaltos s�o presos

A Polícia Civil de Alagoas cumpriu mandado judicial e prendeu, ontem pela manhã, na Chã da Jaqueira, Isaías Avelino da Silva, 43, acusado de integrar a quadrilha que arrombou o caixa eletrônico instalado na Secretaria Municipal de Educação (Semed) de Mace

Por | Edição do dia 19/05/2015 - Matéria atualizada em 19/05/2015 às 00h00

A Polícia Civil de Alagoas cumpriu mandado judicial e prendeu, ontem pela manhã, na Chã da Jaqueira, Isaías Avelino da Silva, 43, acusado de integrar a quadrilha que arrombou o caixa eletrônico instalado na Secretaria Municipal de Educação (Semed) de Maceió. A ação criminosa, posta em prática na madrugada de 23 de março deste ano, teria rendido ao acusado pouco mais de R$ 95 mil. Articulador e executor do ataque à repartição pública, Isaías Avelino da Silva teria agido em parceria com outros dois comparsas. Wenaldo Veiga Sobral, 27 anos, foi preso pela Polícia Civil pouco depois do roubo. Reuben Costa Japiassu da Silva Júnior, o terceiro integrante do bando, morreu depois de confrontar um grupo de militares chamados ao local. “Temos a comprovação técnica de que Isaías Avelino foi quem formou a quadrilha e articulou a investida criminosa à Secretaria Municipal de Educação”, afirmou o delegado Ronilson Medeiros, da Divisão de Investigação e Capturas (Deic). “Trata-se de quadrilha especializadíssima em roubo a banco. Um dos acusados está morto; os outros, presos”, completou o delegado. O grupo liderado por Isaías teria outros dois integrantes, totalizando cinco acusados. Às 4 horas do dia 23 de março, de acordo com informações do Centro Integrado de Operações da Defesa Social (Ciods), a primeira tentativa de explosão falhou, mas a segunda foi exitosa. Os homens, então, apoderam-se do cofre contendo R$ 95.650,00, segundo a Polícia Civil, e fogem numa picape Ranger, de placas NMD-4304/Alagoas. O veículo foi abandonado e queimado momentos depois do roubo, nas imediações do Conjunto Jardim Petrópolis, no Tabuleiro do Martins. À exceção de dois ainda não identificados, do preso e do morto, Isaías escapou e só foi localizado ontem, em sua confortável residência no bairro da Chã da Jaqueira.

Mais matérias
desta edição