app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Polícia

‘Foram mortos inocentes, que n�o tinham envolvimento com crimes’

Os detalhes da investigação foram revelados pelo delegado regional de combate ao crime organizado no Estado de Alagoas, Fábio Maia. “Este grupo era uma associação de pessoas, não existia um chefe de quadrilha. Havia pessoas mais centrais, mas não tinha hi

Por | Edição do dia 02/07/2015 - Matéria atualizada em 02/07/2015 às 00h00

Os detalhes da investigação foram revelados pelo delegado regional de combate ao crime organizado no Estado de Alagoas, Fábio Maia. “Este grupo era uma associação de pessoas, não existia um chefe de quadrilha. Havia pessoas mais centrais, mas não tinha hierarquia, não existia cadeia de comando no grupo”, explicou. Ele ressaltou um detalhe sobre as pessoas que foram assassinadas por esse grupo. “Eu diria que existe uma cultura de intolerância aqui no Nordeste, e isso não é uma característica exclusiva de Alagoas, de que, se for maloqueiro, tudo bem, pode ser morto. Mas chamo a atenção de que as vítimas não se enquadravam nesse perfil. E foram mortas pessoas inocentes, que não tinham envolvimento com crimes”, afirmou Fábio. Durante a operação foram apreendidos oito espingardas tipo carabina, sete revólveres, seis pistolas (calibres .40 e 380), um simulacro de arma de fogo, um colete balístico, sete carregadores de munição, 103 munições, vinte celulares e três laptops ou tablets.

Mais matérias
desta edição