app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Polícia

Agentes e Bope realizam ‘batida’ no Cyridi�o

Depois de apreender, na última terça-feira, 98 aparelhos celulares, mais de 100 chips de operadoras diversas e drogas no presídio Baldomero Cavalcanti, agentes penitenciários do Grupamento de Intervenções Táticas (GIT) e o Batalhão de Operações Policiais

Por | Edição do dia 09/07/2015 - Matéria atualizada em 09/07/2015 às 00h00

Depois de apreender, na última terça-feira, 98 aparelhos celulares, mais de 100 chips de operadoras diversas e drogas no presídio Baldomero Cavalcanti, agentes penitenciários do Grupamento de Intervenções Táticas (GIT) e o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) revistaram, ontem, o presídio Cyridião Durval e Silva, localizado no complexo prisional, no Tabuleiro do Martins, em Maceió. Durante a operação, foram realizadas “batidas” nas celas de cada módulo do presídio, além das revistas pessoais. Ontem, no Cyridião, foram localizados 32 aparelhos celulares, nove chips, 15 facas artesanais, oito fones de ouvido, 24 espetos, cinco baterias de celular, oito carregadores e 595 gramas de maconha. A incursão desta quarta-feira contou com 40 homens, sendo 18 agentes penitenciários e 22 do Bope, além de dois cães farejadores da Polícia Militar de Alagoas (PM/AL). As ações, que visam dificultar a execução de planos criminosos arquitetados pelos reeducandos, bem como o uso de drogas nas celas, terão continuidade. “Depois dos resultados que observamos nas revistas, notamos que a operação não pode parar”, explica o secretário-adjunto de Ressocialização, coronel Marcos Sérgio. * Sob supervisão da editoria de Cidades.

Mais matérias
desta edição