app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Polícia

Ex-cabo Everaldo � absolvido em crime

O ex-cabo da Polícia Militar Everaldo Pereira foi absolvido, na tarde de ontem, de processo no qual era acusado de participação na morte de José Dias, crime ocorrido em 1990, no município de Colônia Leopoldina. O processo, no entanto, foi arquivado pelo

Por | Edição do dia 14/07/2015 - Matéria atualizada em 14/07/2015 às 00h00

O ex-cabo da Polícia Militar Everaldo Pereira foi absolvido, na tarde de ontem, de processo no qual era acusado de participação na morte de José Dias, crime ocorrido em 1990, no município de Colônia Leopoldina. O processo, no entanto, foi arquivado pelo juiz John Silas, já que, desde a pronúncia (em 1994) do ex-militar que integrou a extinta gangue fardada, se passaram mais de 20 anos, vindo a prescrever. De acordo com o advogado de defesa de Everaldo, a denúncia por parte do Ministério Público Estadual foi feita ainda em 1993, mas a pronúncia (quando há o encaminhamento para júri popular) foi concretizada somente um ano depois. Como não houve julgamento desde então, o processo perdeu a validade e o réu foi absolvido da acusação. “A prescrição é uma forma de punir a Justiça pela demora em julgar um processo”, assegurou o advogado Thiago Pinheiro. ‡

Mais matérias
desta edição