app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5736
Polícia

Opera��o resulta em 4 pris�es

Uma ação conjunta envolvendo a Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), órgão da Polícia Civil de Alagoas, juntamente com as Delegacias de Narcotráfico e de Roubo a Veículos e o Comando de Policiamento da Capital (CPC), cumpriu 31 mandado de bu

Por | Edição do dia 18/07/2015 - Matéria atualizada em 18/07/2015 às 00h00

Uma ação conjunta envolvendo a Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), órgão da Polícia Civil de Alagoas, juntamente com as Delegacias de Narcotráfico e de Roubo a Veículos e o Comando de Policiamento da Capital (CPC), cumpriu 31 mandado de busca, apreensão e prisão contra acusados de tráfico de drogas, associação criminosa, roubo de veículos e homicídios. A ação policial foi registrada ontem, no bairro do Clima Bom, parte alta da capital. Os mandados foram expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital e a operação aconteceu durante toda a sexta-feira, 17. Quatro pessoas foram presas e encaminhadas para a sede da Deic, no bairro Santa Amélia. Durante o cumprimento das determinações judiciais, policiais militares e civis prenderam Gutierri Silva dos Santos, Erick dos Santos Barros, Antônio Marcos da Silva e Cícero José da Silva. Conforme explicou o delegado da Deic e um dos coordenadores da operação, Manoel Acássio Júnior, os acusados Gutierri e Erick foram presos mediante o mandado de prisão por tráfico; Antônio foi preso por porte e posse ilegal de arma de fogo, sendo apontado com uma vasta lista de antecedentes criminais pela polícia; e Cícero foi preso portando uma espingarda calibre 12, com munições, além de peças de veículos com chassis adulterados. Os acusados, que têm em média 20 anos – com exceção de Cícero que tem 39 – estavam em suas residências no momento da prisão. “Dos presos, apenas Cícero e Gutierri não possuem antecedentes criminais. Mas, ainda temos mandados em aberto e a operação deve continuar. No entanto, vale ressaltar que é uma quadrilha que vinha atuando no bairro do Clima Bom há algum tempo”, disse o delegado Acássio Júnior, explicando que os acusados foram ouvidos na própria Deic e que serão transferidos para a Casa de Custódia, assim que surgirem novas vagas. * Sob supervisão da editoria de Cidades.

Mais matérias
desta edição