app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Polícia

Protesto termina em confus�o

Um protesto organizado pelos moradores do Conjunto Ouricuri, no bairro do Prado, parte baixa de Maceió, bloqueou os dois sentidos da Avenida Assis Chateaubriand, que dá acesso ao Litoral Sul, no início da tarde de ontem. A mobilização aconteceu devido a u

Por | Edição do dia 28/07/2015 - Matéria atualizada em 28/07/2015 às 00h00

Um protesto organizado pelos moradores do Conjunto Ouricuri, no bairro do Prado, parte baixa de Maceió, bloqueou os dois sentidos da Avenida Assis Chateaubriand, que dá acesso ao Litoral Sul, no início da tarde de ontem. A mobilização aconteceu devido a uma cratera formada na Rua Edgard de Góes Monteiro que inviabilizou o trânsito na via, gerando vários transtornos à população. A situação se tornou tensa no local quando um grupo de manifestantes tentou bloquear outras ruas no entorno da avenida. Houve correria e, na tentativa de dispersar a população, militares da Radiopatrulha dispararam balas de borracha na direção dos moradores. A atitude foi questionada pela equipe de Gerenciamento de Crises da própria Polícia Militar. “Já conversei com o coronel Marcos Sampaio, comandante do CPC (Comando de Policiamento da Capital), e ele me disse não ter autorizado esse tipo de procedimento. Produziremos um relatório com todas as informações do ocorrido”, relatou o major Francelino. Os moradores alegaram que a ação dos militares da Radiopatrulha foi truculenta. “Nós estamos reivindicando um direito que é nosso. Não houve razão para atirar na direção da gente. Estamos aqui com toda a nossa família e vizinhos para tentar resolver essa situação”, disse uma moradora do bairro que preferiu não se identificar. * Sob supervisão da editoria de Cidades.

Mais matérias
desta edição