app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Polícia

Presos acusados de roubar igrejas

Cinco acusados em assaltos e roubos foram presos em flagrante na manhã de ontem por equipes da Divisão de Investigação e Capturas de Alagoas (Deic) e encaminhados para o sistema prisional. O detalhe da prisão está em um dos tipos de ação que era praticada

Por | Edição do dia 06/08/2015 - Matéria atualizada em 06/08/2015 às 00h00

Cinco acusados em assaltos e roubos foram presos em flagrante na manhã de ontem por equipes da Divisão de Investigação e Capturas de Alagoas (Deic) e encaminhados para o sistema prisional. O detalhe da prisão está em um dos tipos de ação que era praticada pelos presos: o ataque a igrejas e violência contra padres. Os acusados tiveram prisão decretada pela 17ª Vara Criminal da Capital, apontados em formação de quadrilha e organização criminosa. São eles: Carlos Anderson Cavalcante de Souza, o “Cabeça”, 25, considerado o líder do grupo, a companheira dele, Gabriela da Liza Silva, 24, Adriano dos Santos, o “Didi”, 20, José Maciel dos Santos, 28 e Letícia da Liza Santos, a “Lê”, 18. Eles foram apresentados ontem pela polícia durante entrevista entrevista coletiva, na sede do Deic, na Santa Amélia, em Maceió. A polícia trabalha para capturar mais uma pessoa que integraria o bando, apontado também no assalto à agência dos Correios de Palmeirina, em Pernambuco, em junho de 2015. O assalto rendeu R$ 50 mil, dinheiro que teria sido usado pelos acusados para comprar um veículo em Maceió. Denominada Operação Santa Luzia, em referência ao município de Santa Luzia do Norte, onde no dia 9 de maio deste ano ocorreu o primeiro ataque, contra o padre Luciano Soares, a ação policial apreendeu com o grupo diversos produtos, duas armas – uma pistola 380 e um revólver calibre 38 –, munições, equipamentos eletrônicos, celulares e até cosméticos, botons usados pelos padres, moedas ofertadas pelos fiéis, Bíblia, um baú de madeira, sapatos e um som que seria usado para animar as festas que eram promovidas pelo grupo.

Mais matérias
desta edição