app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5728
Polícia

Militares ainda n�o foram para novo pres�dio

A transferência dos 19 presos militares para o Presídio Major Killderes Moreira, recém-construído em Maceió, deve ocorrer esta semana, mas o juiz da Vara de Execuções Penais, José Braga Neto, disse que a data ainda não foi definida. O Presídio Militar, o

Por | Edição do dia 11/08/2015 - Matéria atualizada em 11/08/2015 às 00h00

A transferência dos 19 presos militares para o Presídio Major Killderes Moreira, recém-construído em Maceió, deve ocorrer esta semana, mas o juiz da Vara de Execuções Penais, José Braga Neto, disse que a data ainda não foi definida. O Presídio Militar, o primeiro de Alagoas e o segundo do País, foi inaugurado oficialmente na última sexta-feira, dia 7. Segundo o magistrado, a transferência dos 19 militares e ex-militares que estão no Presídio Baldomero Cavalcanti, acusados em crimes diversos, ficará sob a responsabilidade da própria Superintendência de Administração Penitenciária (Sgap). Mas, como admitiu Braga Neto, pode ser necessária a participação do Batalhão de Operações Especiais (Bope). “A definição cabe à Vara de Execuções, nosso papel será fazer o planejamento de segurança”, disse o major Marcos Henrique do Carmo, superintendente de Administração do sistema prisional alagoano. Também ontem, o novo comandante do Bope, major Enio Bolivar, disse que o Batalhão está pronto a atuar, se for chamado a participar da operação de transferência. O presídio, que será administrado pela Polícia Militar (PM/AL), tem capacidade para abrigar 52 militares, mas apenas 19 homens (militares e ex-militares) serão encarcerados ali.

Mais matérias
desta edição