app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5732
Polícia

Acusado de matar a esposa � espancado

Militares do 1º Batalhão da PM interromperam, ontem, o espancamento popular de Jailson Daniel dos Santos (50), suspeito de matar a esposa, Verônica das Dores Santos (47), com três tiros de revólver, e o levaram, inconsciente, ao Hospital Geral do Estado (

Por | Edição do dia 15/09/2015 - Matéria atualizada em 15/09/2015 às 00h00

Militares do 1º Batalhão da PM interromperam, ontem, o espancamento popular de Jailson Daniel dos Santos (50), suspeito de matar a esposa, Verônica das Dores Santos (47), com três tiros de revólver, e o levaram, inconsciente, ao Hospital Geral do Estado (HGE). O crime violento letal e intencional do qual Jailson é o principal suspeito, segundo o Centro Integrado de Operações da Defesa Social (Ciods), foi registrado no Trapiche da Barra, em Maceió, pelos integrantes da guarnição motorizada Rocom 16, do 1º Batalhão da PM. Vítima de traumas, provocados pelos golpes dos populares, Jailson ficou algumas horas internado na ala vermelha do Hospital Geral, de onde saiu no início da tarde, já consciente, escoltado por policiais da Delegacia de Homicídios da Capital. Enquanto Jailson recebia assistência médica, o corpo de sua esposa e o cenário do crime eram examinados por um perito do Instituto de Criminalística (IC), que tem prazo de dez dias úteis, contados a partir de ontem, para conclusão do laudo criminal. Uma vez concluído, o documento será remetido ao delegado responsável pelo inquérito que apura as causas do brutal assassinato de Verônica das Dores. Até o fechamento desta edição, não havia informação precisa acerca da unidade carcerária para onde foi levado. O corpo de Verônica das Dores deve ser sepultado hoje.

Mais matérias
desta edição