app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Polícia

PF prende PM suspeito em exterm�nio

A Polícia Federal cumpre, ontem, 33 mandados de prisão preventiva contra acusados de envolvimento em grupo de extermínio com atuação na cidade do Pilar, região metropolitana de Maceió. Entre os presos está o capitão PM Paulo Henrique Santos Costa. Ele foi

Por | Edição do dia 19/09/2015 - Matéria atualizada em 19/09/2015 às 00h00

A Polícia Federal cumpre, ontem, 33 mandados de prisão preventiva contra acusados de envolvimento em grupo de extermínio com atuação na cidade do Pilar, região metropolitana de Maceió. Entre os presos está o capitão PM Paulo Henrique Santos Costa. Ele foi recolhido à Academia da Polícia Militar, no bairro do Trapiche, em Maceió, informação confirmada pela assessoria de comunicação da PM-AL. Com as prisões, a PF dá continuidade à Operação Tombstone, que, no início do mês, deteve 12 suspeitos, sendo dois policiais civis e dois militares - um deles, o policial reformado Antônio Correia da Silva, chegou a ser baleado ao reagir à investida dos agentes. Do total de 33 mandados, cinco foram cumpridos na Bahia. As prisões são fruto das investigações em torno dos primeiros nove casos de homicídios atribuídos ao grupo de extermínio. Os membros do grupo, em sua maioria, já estavam presos por associação criminosa e serão novamente indiciadas e mantidos presos, agora, preventivamente. Ainda segundo a PF, a prisão do único integrante do grupo que estava em liberdade – o capitão Paulo Henrique foi solto por habeas corpus deferido em plantão do Tribunal de Justiça de Alagoas – contou com o apoio da Polícia Militar de Alagoas, por se tratar de integrante da corporação.

Mais matérias
desta edição