app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5712
Polícia

Artes�o � perseguido e morto a tiros de pistola no Feitosa

O artesão Rubens Silva de Assis, 23, que residia na Travessa Santo Antônio, s/n, no bairro do Feitosa, foi perseguido e executado com vários tiros de pistola calibre 380, por volta das 22h de quarta-feira próximo ao Terminal Rodoviário João Paulo II. Segu

Por | Edição do dia 08/03/2002 - Matéria atualizada em 08/03/2002 às 00h00

O artesão Rubens Silva de Assis, 23, que residia na Travessa Santo Antônio, s/n, no bairro do Feitosa, foi perseguido e executado com vários tiros de pistola calibre 380, por volta das 22h de quarta-feira próximo ao Terminal Rodoviário João Paulo II. Segundo testemunhas, o artesão tentou fugir do criminoso, mas foi alcançado e morto. Conforme o Instituto Médico Legal Estácio de Lima ele foi atingido por cerca de 8 tiros. O delegado Agnaldo Ramos, do 9º Distrito Policial, começou a investigar o homicídio. O estudante José Alexandre da Silva, que na última segunda-feira foi ferido a golpes de faca na Grota do Rafael, morreu na noite de quarta-feira na Unidade de Emergência Armando Lages. O delegado João Mendes da Silva, do 6º Distrito Policial, tem pistas do criminoso e está realizando diligências para capturá-lo. José Alexandre voltava da escola quando foi atacado por membros de uma “galera” que está praticando assaltos em Cruz das Almas e Jacintinho. O Instituo Médico Legal Estácio de Lima recebeu, ainda, o cadáver de um homem de aproximadamente 30 anos sem identificação que foi morto a tiros e teve o corpo carbonizado e abandonado em um terreno baldio no Conjunto Santa Lúcia, no Tabuleiro do Martins. O crime está sendo apurado pelo delegado José Barbosa. Em Boca da Mata, Claúdio Correia da Silva, 25, foi executado a tiros próximo a sua casa.

Mais matérias
desta edição