app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Polícia

Entidades de policiais denunciam persegui��o

O Sindicato dos Policiais Civis e a Associação de Cabos e Soldados da PM irão promover várias manifestações para denunciar a perseguição política que dirigentes das duas entidades estão sofrendo por parte do governo estadual. Devido ao movimento grevista

Por | Edição do dia 15/03/2002 - Matéria atualizada em 15/03/2002 às 00h00

O Sindicato dos Policiais Civis e a Associação de Cabos e Soldados da PM irão promover várias manifestações para denunciar a perseguição política que dirigentes das duas entidades estão sofrendo por parte do governo estadual. Devido ao movimento grevista do ano passado, seis militares e um civil respondem a inquérito policial militar. A partir de segunda-feira, os indiciados começarão a ser ouvidos na Vara da Auditoria Militar. Mas ontem, dirigentes das duas categorias se reuniram para definir estratégias visando denunciar o governo pela perseguição política.” Vamos mostrar à sociedade o socialismo do governo Ronaldo Lessa”, afirmou o presidente do Sindpol, José Carlos Fernandes. Na reunião, ficou definido que durante as audiências, as entidades farão uma manifestação. “Temos que fazer uma ofensiva contra esse governo, que não cumpre com os acordos salariais” - frisou Carlos Jorge, vice-presidente do Sindpol. O presidente da ACB, Wagner Simas, demonstrou a sua preocupação com os rumos do processo, que pode resultar até na perda da farda dos militares que participaram da greve. As entidades também querem formar uma campanha de solidariedade para receber o apoio das demais categorias. Eles pretendem ainda denunciar a perseguição através de faixas e cartazes, que serão distribuídas pelo centro da cidade.

Mais matérias
desta edição