app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Polícia

Filho de Dion�sio ser� levado hoje de Aracaju para S�o Paulo

Os dois assaltantes do banco Itaú, presos na terça-feira no estacionamento de um shopping em Aracaju, deverão ser transferidos hoje para São Paulo, porque os presídios sergipanos não oferecem a segurança necessária para bandidos especializados em fuga.

Por | Edição do dia 05/04/2002 - Matéria atualizada em 05/04/2002 às 00h00

Os dois assaltantes do banco Itaú, presos na terça-feira no estacionamento de um shopping em Aracaju, deverão ser transferidos hoje para São Paulo, porque os presídios sergipanos não oferecem a segurança necessária para bandidos especializados em fuga. Um dos marginais, Rodrigo Tadeu Stefanov Severo, 21, é membro do Primeiro Comando da Capital (PCC), uma facção que atua no Sul do País. O próprio preso confessou ter comandado, em janeiro deste ano, um resgate espetacular em Guarulhos, quando utilizando um helicóptero libertou o pai, Dionísio Aquino Severo, considerado um dos ladrões mais perigosos do Brasil e que foi capturado, ontem, em Marechal Deodoro. Rodrigo, que também usa o nome de Edney Vicent Egert, tinha como comparsa Edmundo Massafero, 55, que está preso em Aracaju. Eles confessaram o crime, após o veículo Fiat Uno vermelho, no qual se encontravam, ter sido revistado pela polícia sergipana. No carro, os policiais encontraram R$ 151 mil roubados do Itaú, além das armas usadas no assalto, três revólveres e uma pistola. O secretário de Segurança, Gilberto Passos, solicitou à polícia paulista a ficha dos dois homens presos e dos outros dois, capturados em Alagoas, para concluir as investigações e mandá-los para São Paulo.

Mais matérias
desta edição