app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Polícia

Preso outro assaltante suspeito de integrar PCC

Sucursal Arapiraca – O serviço de inteligência do 3º Batalhão  da Polícia Militar de Alagoas prendeu, ontem à tarde, no bairro Cacimbas, em Arapiraca, o assaltante Rubens Ferreira Landim, fugitivo da cadeia de Cosmópole, nas proximidades de Campinas, no

Por | Edição do dia 10/04/2002 - Matéria atualizada em 10/04/2002 às 00h00

Sucursal Arapiraca – O serviço de inteligência do 3º Batalhão  da Polícia Militar de Alagoas prendeu, ontem à tarde, no bairro Cacimbas, em Arapiraca, o assaltante Rubens Ferreira Landim, fugitivo da cadeia de Cosmópole, nas proximidades de Campinas, no Estado de São Paulo, onde cumpria pena por latrocínio, crime ocorrido na residência de Claudio Padovani, prefeito de Sumaré (SP), e que se escondia no agreste alagoano desde a última quinta-feira. Embora o assaltante negue, a Secretaria de Defesa Social investiga sua possível participação na facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capi-tal), que teve dois de seus inte-grantes presos em Marechal Deo-doro, no último dia 4. O assaltante paulista Rubens Ferreira Landim, que utilizava documentos falsos e se passava por Alex Vicente da Silva, fugiu, há aproximadamente 15 dias, do Presídio Estadual de Americana, onde cumpria pena há mais de 10 meses pelo assalto à residência do prefeito de Sumaré (SP), crime que rendeu ao bando do assaltante (composto por mais quatro pessoas) R$ 280 mil, montante que seria utilizado no financiamento de fuga de presos e compra de armamento e munição. Rubens Ferreira foi detido por volta das 11h40 da manhã de ontem, na Rua Lino Rodrigues, no bairro de Cacimbas, em Arapiraca. Ele estava na residência da tia de sua esposa desde o último dia 4, quando chegou à cidade vindo de São Paulo. O serviço de inteligência da PM tomou conhecimento de que se escondia em Arapiraca e, de posse de informações precisas sobre seu envolvimento no roubo, decidiu pela invasão de seu esconderijo, ontem pela manhã. Rendido pelos PMs, ele foi posto num camburão e entregue ao delegado regional de Arapiraca, Cícero Torres, que comunicou a captura do assaltante à polícia paulista. Ainda de acordo com a polícia em Arapiraca, Rubem fugiu de Americana há mais de 20 dias, com a ajuda de um policial militar, identificado como Renato, e uma mulher, identificada como Ana Claudia. No crime ocorrido na residência do prefeito de Sumaré (SP), onde uma pessoa foi morta, Rubem informou ter contado com a ajuda de outras quatro pessoas – algumas delas já recapturadas pela polícia daquele Estado.

Mais matérias
desta edição