app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Polícia

Carregador � executado a golpes de faca-peixeira

O servente Samuel Santos, 20, que trabalhava no Mercado da Produção, foi assassinado com dez golpes de faca desferidos por José Cícero da Conceição, 30, às 20h40 de quinta-feira, no Mirante Santa Terezinha, no bairro do Farol. O autor do crime foi preso e

Por | Edição do dia 13/04/2002 - Matéria atualizada em 13/04/2002 às 00h00

O servente Samuel Santos, 20, que trabalhava no Mercado da Produção, foi assassinado com dez golpes de faca desferidos por José Cícero da Conceição, 30, às 20h40 de quinta-feira, no Mirante Santa Terezinha, no bairro do Farol. O autor do crime foi preso em flagrante pelos agentes plantonistas, comandados pelo delegado Waldor Coimbra. Em depoimento prestado ao delegado José de Deus Massa, do 1º Distrito, o homicida disse que cometeu o crime porque vinha sofrendo, já que a vítima era pessoa violenta a destemida onde ocorreu o crime. “Vinha alertando a ele que não tinha mais como me calar diante de suas ameaças. Na noite do homicídio ele me agrediu e tem muitas testemunhas. Foi quando eu usei minha faca para me defender e dei vários golpes em seu corpo” - afirmou José Cícero, que será transferido para uma das celas do Instituto Penal São Leonardo. No IML, parentes da vítima evitaram falar sobre o crime e estavam apenas preocupados com a liberação do cadáver para cuidar do sepultamento. Policiais que trabalham no caso informaram que o local onde ocorreu o crime está cheio de viciados em drogas e marginais envolvidos com pequenos assaltos. “O Mirante Santa Terezinha, que já foi local de reuniões de jovens e idosos, sempre no fim de semana, agora virou reduto de bandido. Mas vamos acabar com isto e cuidar de sua segurança, com o objetivo de evitarmos cenas desta natureza” - explicou um policial. Nesta segunda-feira a polícia começa a ouvir testemunhas do crime e o delegado tem 30 dias para conclusão do inquérito e enviar à Justiça.

Mais matérias
desta edição