app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5709
Polícia

Estudante � morto a golpes de foice em Limoeiro de Anadia

Sucursal Arapiraca – O estudante Claudivan Alves do Amaral, de 26 anos, foi assassinado, na noite do último sábado, com vários golpes de foice, aplicados principalmente em seu tórax e cabeça. O crime ocorreu em frente à igreja do povoado Pé Leve, zona rur

Por | Edição do dia 23/04/2002 - Matéria atualizada em 23/04/2002 às 00h00

Sucursal Arapiraca – O estudante Claudivan Alves do Amaral, de 26 anos, foi assassinado, na noite do último sábado, com vários golpes de foice, aplicados principalmente em seu tórax e cabeça. O crime ocorreu em frente à igreja do povoado Pé Leve, zona rural do município de Limoeiro de Anadia. Revoltada pela brutalidade por que foi praticada, a comunidade local decidiu ajudar na captura do acusado (José Silva de Lima), preso na manhã do dia seguinte e entregue à polícia. De acordo com informações de testemunhas que presenciaram o crime, o acusado (José Silva de Lima, de 26 anos) estava embriagado e teria se desentendido com a vítima, que bebia em companhia de amigos à mesa de um bar daquela comunidade. “Ele armou-se de uma foice e começou a aplicar golpes no estudante, que nada tinha feito e morreu minutos depois”, informa uma das testemunhas, segundo a qual o acusado fugiu com a arma do crime e só foi capturado na manhã de domingo. “A própria comunidade se empenhou na caça ao acusado”, conta um dos agentes envolvidos na investigação do crime. Provocação O acusado foi preso na manhã de domingo e encaminhado à Delegacia Regional de Arapiraca, onde confessou o crime e explicou ter sido provocado pala vítima. “Agi em legítima defesa. Estava embriagado, ele me provocou e acabei por perder a cabeça”, afirmou José Silva de Lima.

Mais matérias
desta edição