app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Polícia

Detentos tentam nova fuga no pres�dio S�o Leonardo

Uma nova tentativa de fuga no São Leonardo, ocorrida às 6h de terça-feira, mobilizou agentes penitenciários e soldados da Polícia Militar de Alagoas. Os detentos Gilson dos Santos, Renivaldo Gonçalves e Valdemir Silvestre (homicídios) conseguiram chegar à

Por | Edição do dia 24/04/2002 - Matéria atualizada em 24/04/2002 às 00h00

Uma nova tentativa de fuga no São Leonardo, ocorrida às 6h de terça-feira, mobilizou agentes penitenciários e soldados da Polícia Militar de Alagoas. Os detentos Gilson dos Santos, Renivaldo Gonçalves e Valdemir Silvestre (homicídios) conseguiram chegar à laje mas foram imobilizados e presos. O capitão Marcel Fortes, diretor-geral do São Leonardo, disse não proceder a fuga do detento José Cícero, “Pintado”. “A fuga deste detento não aconteceu, foi apenas especulação porque ele está no presídio com os demais que tentaram fugir sem sucesso”, garante Marcel Fortes. Ele explicou que às 6h as celas são abertas para o café da manhã e lazer. Os reeducandos chegaram até a laje usando pedaços de madeira porque está havendo reforma em um dos prédios. “Mas eles não tinham a menor condição de fugir. Foi mais um gesto de audácia”, salienta o capitão Marcel Fortes. Marcel Fortes, no entanto, alertou que, como a segurança da prisão não pode reprimir fugas, atirando contra os presos, a onda de tentativas de fugas vai continuar ocorrendo no sistema prisional alagoano e a sociedade precisa ficar alerta. “A grande verdade é que os detentos não têm medo e não respeitam a polícia e nem os agentes penitenciários. Eles sabem que não serão alvo de tiros e vão usar todos os meios para fugir e criar pânico no São Leonardo. Agora, se a guarda matar um preso os Direitos Humanos vão logo se manifestar e nos jogar contra a sociedade”, alerta o capitão Marcel Fortes.

Mais matérias
desta edição