app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Polícia

IML registra outros 5 homic�dios

O Instituto Médico Legal Estácio de Lima registrou outros cinco assassinatos no feriado de 1º de maio. Noel dos Santos, 23, foi morto a tiros de revólver, nas imediações da Delegacia de Roubos e Furtos, no Jacintinho. Há suspeitas de que ele foi vítima de

Por | Edição do dia 03/05/2002 - Matéria atualizada em 03/05/2002 às 00h00

O Instituto Médico Legal Estácio de Lima registrou outros cinco assassinatos no feriado de 1º de maio. Noel dos Santos, 23, foi morto a tiros de revólver, nas imediações da Delegacia de Roubos e Furtos, no Jacintinho. Há suspeitas de que ele foi vítima de “galera”, visto que tinha se envolvido com furtos e drogas. O crime ocorreu no fim da manhã. No início da tarde, José Teixeira da Silva, 32, foi morto a tiros, num trecho da Rua Campo Verde, naquele bairro. No município de Rio Largo, Ronilson Miguel dos Santos, 35, que residia na Destilaria Central, foi atingido por vários tiros de revólver e morreu na Unidade de Emergência Armando Lages. Segundo a polícia, ele estava dormindo, quando um homem bateu à porta chamando seu nome. Ao abrir, recebeu os tiros, que atingiram seu tórax. As informações preliminares dão conta de que foi um crime encomendado. O delegado Oldemberg Paranhos investiga a ocorrência, através de inquérito policial, e pretende ouvir a família da vítima. Desova Outro homicídio ocorreu em Satuba, tendo como vítima José Renato Ferreira da Silva, 37, encontrado crivado de balas, num trecho da Rodovia BR-316 (Ladeira do Gregório), próximo ao Lindoya. As testemunhas acreditam na hipótese de desova, ou seja, que Renato foi assassinado em outro local e deixado no acostamento da rodovia no fim da noite de quarta-feira. O delegado Airton Omena começou, ontem mesmo, a ouvir as testemunhas do crime de homicídio. O adolescente Jaelson dos Santos Ramalho, 17, foi executado a tiros de revólver, em Coruripe. Seu corpo foi necropsiado no IML de Maceió. Os parentes não informaram as causas do assassinato, que está sendo investigado pelo delegado Cícero Lima.

Mais matérias
desta edição