app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5712
Polícia

Dom�stica � mutilada por trem

Ivone Brandão de Almeida, 50, teve as duas pernas esmagadas, ontem, ao ser atropelada por um trem, próximo à Praça do Pirulito, no Centro. Testemunhas contaram que a vítima ainda tentou se esquivar da locomotiva, mas desequilibrou-se e caiu, ficando com

Por | Edição do dia 07/05/2002 - Matéria atualizada em 07/05/2002 às 00h00

Ivone Brandão de Almeida, 50, teve as duas pernas esmagadas, ontem, ao ser atropelada por um trem, próximo à Praça do Pirulito, no Centro. Testemunhas contaram que a vítima ainda tentou se esquivar da locomotiva, mas desequilibrou-se e caiu, ficando com os membros inferiores presos entre as rodas do comboio da Rede Ferroviária Federal. O acidente gerou grande congestionamento no local. Na operação de resgate, realizada por uma equipe do Corpo de Bombeiros CB), contando com a ajuda de paramédicos e enfermeiros, a locomotiva foi erguida para que Ivone Brandão pudesse ser retirada de baixo das rodas do trem. “É um salvamento complicado, já que lutamos contra o tempo e temos que fazer o máximo para evitar traumas graves”, afirmou o capitão do CB, Paulo Marcos. Os homens do CB tentaram afastar os familiares da vítima para que não presenciassem o momento em que ela fosse retirada de baixo do trem. “Temos a confirmação de que ela teve perda das pernas a partir dos joelhos e não será bom os familiares verem essa cena”, disse o capitão, enquanto comandava o resgate. O gerente operacional da Companhia Brasileira de Trens Urbanos, Zito Júnior, ressaltou ter ouvido de testemunhas que o maquinista buzinou várias vezes e vinha em velocidade normal no momento do atropelamento. “Iremos apurar as causas do acidente”, assegurou. Ivone Brandão foi encaminhada para a Unidade de Emergência Armando Lages, onde foi submetida à intervenção cirúrgica e se encontra fora de perigo.

Mais matérias
desta edição