app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Polícia

Pedreiro reage a assalto e � assassinado com seis tiros

O pedreiro Geovanes Ferreira da Silva, 33, que residia no Loteamento São Caetano, Quadra E, s/n, no Tabuleiro do Martins, foi executado com seis tiros de revólver calibre 38, pelas costas, na noite da última quarta-feira. As informações de testemunhas são

Por | Edição do dia 10/05/2002 - Matéria atualizada em 10/05/2002 às 00h00

O pedreiro Geovanes Ferreira da Silva, 33, que residia no Loteamento São Caetano, Quadra E, s/n, no Tabuleiro do Martins, foi executado com seis tiros de revólver calibre 38, pelas costas, na noite da última quarta-feira. As informações de testemunhas são de que ele reagiu a um assalto e tentou fugir, mas foi atingido pelos balaços, morrendo no local. A dona de casa Cosma Nunes da Silva, viúva de Geovanes, revelou à imprensa, na manhã de ontem, no Instituto Médico Legal Estácio de Lima, enquanto aguardava a liberação do cadáver, que o pedreiro tinha passado pelo bar do irmão (não sabia dizer se ele tinha bebido) e já se encaminhava para casa, quando foi atacado e assassinado. Pacato Ela garantiu que o marido não tinha inimigos declarados, nem falou recentemente em algum tipo de problema que pudesse resultar em seu assassinato. “Era uma pessoa recatada, que, mesmo comigo, conversava pouco”, declarou a viúva. Num contato com funcionários do IML, ela chegou a levantar a hipótese de latrocínio, ou seja, assalto seguido de morte. Uma das testemunhas, que não quis se identificar, informou à polícia que um rapaz, de idade entre 18 e 20 anos, cor morena, cabelos crespos, fez os disparos contra a vítima, que caiu agonizando, morrendo em seguida, enquanto o criminoso deixava o local a pé. O delegado do 10º Distrito, Manoel Alves Bezerra, foi informado da ocorrência, através da Central Integrada de Apoio Policial ao Cidadão (CIAPC), determinando a realização de diligências complementares para notificação de testemunhas e abertura de inquérito policial. A viúva do pedreiro também será convocada a prestar depoimento.

Mais matérias
desta edição