app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5729
Polícia

Jovem morre tentando salvar marido

Uma adolescente, de 17 anos, foi assassinada com um tiro na cabeça, na noite da última segunda-feira. Segundo a polícia, Edna Souza da Silva teria tentado evitar a morte do marido, ficando entre ele e o autor dos disparos, identificado como Rafael Cavalca

Por | Edição do dia 04/01/2006 - Matéria atualizada em 04/01/2006 às 00h00

Uma adolescente, de 17 anos, foi assassinada com um tiro na cabeça, na noite da última segunda-feira. Segundo a polícia, Edna Souza da Silva teria tentado evitar a morte do marido, ficando entre ele e o autor dos disparos, identificado como Rafael Cavalcante Gomes, 18, que foi preso e autuado em flagrante pela delegada do município de Pilar, Paula Frachinneti Tenório. “Minha filha morreu para salvar o marido. O tiro era para ele. Os problemas eram dele”, declarou ontem no Instituto Médico Legal de Maceió (IML), o pai de Edna, José Carlos da Silva. Enquanto aguardava a liberação do corpo da filha, ele revelou que o genro, Carlos Alberto Lopes da Silva, conhecido como “Beto Cenoura”, chegava numa padaria, acompanhado da adolescente, quando Rafael teria se aproximado, sacado um revólver e efetuado o disparo. “Beto Cenoura” teria atirado também, provocando a fuga do agressor. De acordo com o chefe do Setor de Operações da Delegacia do Pilar, José Assis Martins, Rafael foi preso quando chegava em casa. Ele assumiu a autoria do crime. Também foi preso em flagrante Tiago Bezerra da Silva, 24. Ele teria emprestado a arma para o crime, após ter levado uma coronhada de “Beto Cenoura”, no último sábado. Segundo Assis Martins, uma disputa entre “galeras” rivais teria motivado o atentado, que matou a adolescente. |EF

Mais matérias
desta edição