app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Polícia

�nibus clandestino � atacado em BR

Arapiraca - Dois homens armados e que se fingiram de passageiros de um ônibus que fazia o transporte clandestino de pessoas de Paulo Afonso (BA) para Delmiro Gouveia (AL) provocaram pânico pouco depois de o veículo cruzar a divisa e entrar em território a

Por | Edição do dia 02/02/2006 - Matéria atualizada em 02/02/2006 às 00h00

Arapiraca - Dois homens armados e que se fingiram de passageiros de um ônibus que fazia o transporte clandestino de pessoas de Paulo Afonso (BA) para Delmiro Gouveia (AL) provocaram pânico pouco depois de o veículo cruzar a divisa e entrar em território alagoano. O bando ameaçou matar o motorista e, em seguida, roubou os pertences de dezenas de passageiros que viajavam ao centro de Delmiro. O roubo aconteceu ontem, às 5h30, quando o veículo passava pelo povoado Caraíbas do Lino, que fica próximo da divisa com a Bahia. Numa ação rápida, eles renderam o motorista e o obrigaram a parar o veículo numa estrada vicinal, onde os passageiros foram obrigados a descer do ônibus. “Eles roubaram diversos objetos de uso pessoal como carteiras, telefones celulares e cartões de crédito”, disse o oficial de plantão no 9º Batalhão da PM, em Delmiro. O assalto ocorreu à margem da rodovia BR-423, que cruza o sertão de Alagoas ligando Paulo Afonso (BA) à cidade de Garanhuns (PE). A polícia chegou ao local uma hora depois do ocorrido. As vítimas teriam relatado detalhes da ação aos oficiais alagoanos, mas optaram pelo regresso à Bahia para prestar queixa em Paulo Afonso. O local do assalto ao ônibus clandestino fica próximo da rodovia BR-110, onde outro bando atacou ônibus de sacoleiros vindos do interior da Bahia. Ontem à tarde, o coronel Paulo Amorim, comandante do 9º BPM, confirmou a adoção de medidas de combate a assaltos. De acordo com o comandante, a partir de hoje as empresas de ônibus que fazem o transporte de passageiros terão apoio da corporação para trafegar com tranqüilidade pelo território de Delmiro Gouveia. “Faremos a escolta dos veículos que entram ou saem de Alagoas. As empresas só precisam nos informar os horários das viagens”, avisou Paulo Amorim. |MM

Mais matérias
desta edição