app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Polícia

Acusado de matar gestante foge de delegacia

Sucursal União dos  Palmares - Preso no dia 27 de abril último, mais de um mês após assassinar a companheira, Zuleide Maria da Silva, 17, o trabalhador rural José Edson da Silva, 21, conhecido como “Edinho” conseguiu fugir, na madrugada deste domingo,

Por | Edição do dia 21/05/2002 - Matéria atualizada em 21/05/2002 às 00h00

Sucursal União dos  Palmares - Preso no dia 27 de abril último, mais de um mês após assassinar a companheira, Zuleide Maria da Silva, 17, o trabalhador rural José Edson da Silva, 21, conhecido como “Edinho” conseguiu fugir, na madrugada deste domingo, da 3ª Delegacia Regional de União dos Palmares. Ele utilizou um cabo de vassoura metálico para abrir um buraco na parede da cela, por onde escapou. Esta é a segunda fuga registrada naquela regional em menos de seis meses. No fim do ano passado, quatro elementos, também à disposição da Justiça, conseguiram fugir, usando a mesma “técnica”. Josimar Fortunato, 19, preso sob a acusação de tráfico de maconha, também estava na cela com “Edinho”, mas preferiu não escapar. “Quero sair pela porta da frente”, frisou. Vistoria De acordo com Josimar, seu companheiro de cela começou a escavacar a parede do banheiro há alguns dias e escondia a metralha (reboco e tijolos da parede) debaixo do colchão e ao lado do vaso sanitário. Os agentes da 3ª DRP garantem, contudo, que realizaram a vistoria nas celas na última quinta-feira e não constataram nada de anormal. Ainda segundo Fortunato, o cabo metálico utilizado para abrir o buraco na parede foi conseguido dias atrás, durante uma confusão entre menores, acomodados no corredor da Regional. “O Edinho pediu o cabo de vassoura a um menor, que o entregou”, garantiu. “Edinho, após conseguir abrir o buraco, escapou pelos fundos da Regional, saltou o muro para o lado externo e desapareceu. Ele matou a própria companheira, que estava grávida de dois meses, com vários golpes de foice, na localidade Santa Fé, em União, no dia 20 de março último. Peritos da Secretaria de Defesa Social estiveram, ontem, na Regional de União dos Palmares a pedido do delegado local, para verificar a situação do prédio.

Mais matérias
desta edição