app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Polícia

Religiosos retomam trabalho com presos

BLEINE OLIVEIRA Repórter Os integrantes da Associação de Proteção e Assistência Carcerária (Apac) que ficaram reféns de presos durante três dias, retomam hoje o trabalho com presidiários, mas ainda não é desta vez que voltarão ao Presídio Baldome

Por | Edição do dia 14/10/2006 - Matéria atualizada em 14/10/2006 às 00h00

BLEINE OLIVEIRA Repórter Os integrantes da Associação de Proteção e Assistência Carcerária (Apac) que ficaram reféns de presos durante três dias, retomam hoje o trabalho com presidiários, mas ainda não é desta vez que voltarão ao Presídio Baldomero Cavalcante. Eles vão hoje ao presídio feminino Santa Luzia, onde a ação era desenvolvida exclusivamente pelas mulheres da Apac. Antes de voltar ao Baldomero, os militantes da Apac analisarão o modelo de ação pastoral que desenvolviam naquela unidade prisional dita de segurança máxima, onde foram tomados como reféns por presos revoltosos. Um dos cinco reféns liberados após negociação que envolveu o próprio secretário de Defesa Social, coronel PM Ronaldo Santos, o bancário aposentado Denisson Mendonça Dantas, disse que a única certeza no momento é que o trabalho será retomado. ///

Mais matérias
desta edição