app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Polícia

Diretores do Cadei�o caem ap�s motim

Davi soares Repórter Os 209 presos da Casa de Detenção Provisória, o “Cadeião”, se rebelaram ontem à tarde alegando sofrer maus-tratos da direção, supostos atos de violência cometidos pelo Grupamento de Agentes Penitenciários (GAP) e c

Por | Edição do dia 23/02/2007 - Matéria atualizada em 23/02/2007 às 00h00

Davi soares Repórter Os 209 presos da Casa de Detenção Provisória, o “Cadeião”, se rebelaram ontem à tarde alegando sofrer maus-tratos da direção, supostos atos de violência cometidos pelo Grupamento de Agentes Penitenciários (GAP) e contra a falta de estrutura para as visitas, que foi denunciada pela Gazeta no último domingo. Os detentos fizeram dois reféns e só encerraram o motim depois da demissão do diretor-geral do Cadeião, tenente Armando Leite, e do diretor de disciplina, James Magno. Ambos já haviam tentado intimidar a apuração das denúncias pela Gazeta, na semana passada e ontem. ### Obras podem ser retomadas na segunda O dia começou mal para o ex-diretor do Cadeião, tenente Armando, e terminou pior ainda. Avesso a entrevistas, sua ausência na negociação com os presos estava sendo justificada por um acidente que havia ocorrido na manhã de ontem. Na busca de detalhes do referido acidente, ninguém informava as circunstâncias nem o estado de saúde de Armando. Depois de muita insistência, a reportagem descobriu que o tal agente Carvalho não levou um tiro acidental na perna como informavam. ///

Mais matérias
desta edição