app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5713
Política

Nova pesquisa confirma empate entre Collor e Lessa

Faltando apenas duas semanas para as eleições de 6 de outubro, o eleitor alagoano continua dividido na escolha do futuro governador do Estado. Se as eleições fossem hoje, o ex-presidente Fernando Collor de Mello e o governador Ronaldo Lessa estariam e

Por | Edição do dia 22/09/2002 - Matéria atualizada em 22/09/2002 às 00h00

Faltando apenas duas semanas para as eleições de 6 de outubro, o eleitor alagoano continua dividido na escolha do futuro governador do Estado. Se as eleições fossem hoje, o ex-presidente Fernando Collor de Mello e o governador Ronaldo Lessa estariam empatados tecnicamente. Isso é o que revela pesquisa do instituto Falpe (Folha Alagoana de Pesquisa) realizada entre os dias 8 e 15 deste mês. No levantamento da Falpe, um dos institutos mais requisitados pelos políticos em Alagoas, o candidato Fernando Collor aparece com 39% das intenções de voto, seguido pelo candidato Ronaldo Lessa, que tem 36% das intenções de voto. Na mesma amostragem, o candidato Geraldo Sampaio aparece dom 1,25% e o candidato Judson Cabral tem 2%. Os outros dois candidatos – Ricardo Barbosa e Elias Barros – estão empatados com 0,15% . O levantamento aponta ainda que 2% dos entrevistados disseram que vão anular o voto e 19,45% não opinaram, o que representa 21,45% de indecisos. De acordo com o diretor-presidente da Falpe, Francisco Nunes, o resultado, baseado na pesquisa de voto estimulado, revela empate técnico entre os dois candidatos. A margem de erro da pesquisa é de 2% para mais ou para menos. A Falpe também fez simulação com os dois principais candidatos para o segundo turno das eleições. Eles aparecem novamente empatados. Fernando Collor lidera com 43,5% e Ronaldo Lessa aparece com 40,25%. Votos nulos representam 2,25% e 14% não opinaram. Urbano e Rural O levantamento do Instituto Falpe é um dos mais completos já realizados nestas eleições. A pesquisa ouviu, proporcionalmente, eleitores das zonas urbana e rural. Segundo Francisco Nunes, vários municípios ainda concentram um maior número de eleitores na zona rural. É o caso de Limoeiro de Anadia, que tem apenas 10% dos eleitores na área urbana e 90% na rural. “O que podemos notar é um opinião diferente do eleitorado, com Fernando Collor liderando na zona rural e Ronaldo Lessa com uma pequena vantagem na zona urbana”. Na zona rural, o candidato Fernando Collor aparece com 49% das intenções de voto, seguido do candidato Ronaldo Lessa, que tem 26%. O candidato Geraldo Sampaio tem 1%, Judson Cabral 1%, Elias Barros 0,20% e Ricardo Barbosa 0,10%. Votos nulos tem 2% e não opinaram 20,7%. Na simulação de segundo turno, o candidato Fernando Collor, com 54%, venceria o candidato Ronaldo Lessa que aparece com 29% das intenções de voto. No levantamento da zona urbana, o candidato Ronaldo Lessa aparece com 40% e o candidato Fernando Collor com 35%. O candidato Geraldo Sampaio tem 1,25%, Judson Cabral 2%, Elias Barros 0,10% e Ricardo Barbosa 0,10%. Votos nulos tiveram 2% e 19,55% dos entrevistados não opinaram. Período Otrabalho da Falpe foi realizado no período de 8 a 15 setembro, em 30 municípios – incluindo Maceió, Arapiraca, Palmeira dos Índios, São Miguel dos Campos, Delmiro Gouveia, Porto Calvo, Coruripe, União dos Palmares e Viçosa, entre outros. O levantamento foi devidamente registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AL) e publicado no Diário Oficial do Estado. Foram ouvidos 8.793 eleitores, de ambos os sexos, em todas as faixas etárias, diferentes níveis de escolaridade e renda, em amostragem proporcional às populações das zonas urbana e rural. Em pesquisa eleitoral, quanto maior a amostragem – ou seja, quanto mais eleitores são entrevistados – menor é a margem de erro. A pesquisa Falpe utiliza a mesma metodologia dos grandes institutos – amostragem proporcional ao número de eleitores no Estado e nos municípios (zona urbana e rural).

Mais matérias
desta edição