app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Política

Desembargadora critica o uso de urnas antigas

A desembargadora Elizabeth Carvalho do Nascimento afirmou, ontem, que os tumultos ocorridos nos locais de votação, no último domingo, foram causados pela má distribuição dos eleitores pelas seções eleitorais de todo Estado. Ela criticou também a decisão d

Por | Edição do dia 08/10/2002 - Matéria atualizada em 08/10/2002 às 00h00

A desembargadora Elizabeth Carvalho do Nascimento afirmou, ontem, que os tumultos ocorridos nos locais de votação, no último domingo, foram causados pela má distribuição dos eleitores pelas seções eleitorais de todo Estado. Ela criticou também a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de utilizar nessa eleição urnas usadas no pleito de 1996. “A solução tem que partir do TSE no sentido de que seja diminuído o número de eleitores por seção”, afirmou a desembargadora, acrescentando que quase todas as seções eleitorais de Alagoas estão “estouradas” em pelo menos 500 eleitores. Elizabeth Carvalho disse que uma das alternativas para solucionar o problema é a utilização de prédios de repartições públicas e escolas particulares como locais de votação. “As escolas da rede pública, na grande maioria, são desconfortáveis e pequenas, justamente o oposto dos colégios da rede particular”, frisou. Segundo a desembargadora, o TSE também poderia mudar o sistema de convocação de mesários. Ela sugeriu que no próximo pleito sejam convocados para trabalhar nas eleições somente universitários. “Eles têm um maior grau de instrução, o que facilita o aprendizado do sistema de votação”, enfatizou.

Mais matérias
desta edição