app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5717
Política

PT negocia presid�ncia da C�mara por apoio a Lula

Brasília – O presidente nacional do PT, deputado José Dirceu (SP), afirmou, ontem, que o partido tem o direito de indicar o próximo presidente da Câmara, pelo fato de ter eleito a maior bancada (91 deputados), mas deixou em aberto a possibilidade de negoc

Por | Edição do dia 10/10/2002 - Matéria atualizada em 10/10/2002 às 00h00

Brasília – O presidente nacional do PT, deputado José Dirceu (SP), afirmou, ontem, que o partido tem o direito de indicar o próximo presidente da Câmara, pelo fato de ter eleito a maior bancada (91 deputados), mas deixou em aberto a possibilidade de negociar a entrega do cargo, se isso for melhor para um eventual governo Lula. O PT poderia entregar o cargo a partidos que não fazem parte da aliança formada para eleger Luiz Inácio Lula da Silva (PT), como o PMDB e o PSDB, em troca do apoio parlamentar desses partidos, que contarão com bancadas de 74 e 71 deputados, respectivamente. Dirceu disse inicialmente que “é um direito já estabelecido na Câmara que o PT indicará o futuro presidente. Mas isso nós temos que conversar dentro do PT e com os partidos aliados. Vamos discutir isso depois da eleição, mas historicamente o PT tem o direito”. Questionado se o partido poderia abrir mão do cargo em negociação com outras siglas, afirmou: “A rigor, o PT indicará, como todos os partidos o fizeram. Agora, primeiro nós precisamos ganhar a eleição e, depois, conversar com os partidos aliados para consolidar uma posição, o que for melhor para o governo Lula, se ele for eleito, não o interesse só do PT, porque não funciona assim”. Dirceu disse que a cúpula do PT e dos partidos aliados ainda não discutiram o assunto por falta de tempo. A prioridade agora é o segundo turno. “Nós não discutimos isso, não temos temos tempo para discutir isso. Só depois que formos os eleitos”. O regimento interno da Câmara prevê que a indicação para os cargos da Mesa Diretora obedecerá, tanto quanto possível, o tamanho das bancadas dos partidos. Assim, a presidência será indicada, preferencialmente, pela maior bancada.

Mais matérias
desta edição