app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Política

Ex-prefeito segue foragido da Justi�a

Acusado pelo Ministério Público Estadual (MP) de ter chefiado um esquema que fraudou licitações e desviou R$ 762,4 mil da Prefeitura de Palestina, o ex-prefeito do município sertanejo José Alcântara Júnior (PP) continua foragido e não mobilizou sua defesa

Por | Edição do dia 07/02/2013 - Matéria atualizada em 07/02/2013 às 00h00

Acusado pelo Ministério Público Estadual (MP) de ter chefiado um esquema que fraudou licitações e desviou R$ 762,4 mil da Prefeitura de Palestina, o ex-prefeito do município sertanejo José Alcântara Júnior (PP) continua foragido e não mobilizou sua defesa para se entregar às autoridades. No dia seguinte à prisão de dez ex-subordinados do ex-prefeito de Palestina, nenhum advogado entrou em contato com a Polícia Civil, o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ) ou com o Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc), do MP, para marcar uma eventual apresentação do foragido. E as forças policiais continuam as buscas pelo ex-gestor conhecido politicamente como “Júnior Alcântara”. No início da noite de ontem, a delegada Ana Luiza Nogueira, diretora da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), confirmou à Gazeta que a Polícia Civil não foi procurada por nenhum advogado do ex-prefeito. A mesma informação foi repetida pelo juiz auxiliar da presidência do TJ, Diógenes Tenório de Albuquerque. E pelo coordenador do Gecoc, promotor Alfredo Gaspar de Mendonça.

Mais matérias
desta edição