app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Política

Fecoep financia “de tudo um pouco”

Coleta seletiva, cesta básica para gestantes, aquisição de ovinos, registro civil, centro de assistência social, telecentros, bordado filé, distribuição de leite, microcrédito, doação de semente, alternativas para a seca, educação, habitação, criação de a

Por | Edição do dia 31/03/2013 - Matéria atualizada em 31/03/2013 às 00h00

Coleta seletiva, cesta básica para gestantes, aquisição de ovinos, registro civil, centro de assistência social, telecentros, bordado filé, distribuição de leite, microcrédito, doação de semente, alternativas para a seca, educação, habitação, criação de aves, conselhos tutelares... uma verdadeira salada mista. Desde 2007, o Fecoep financiou 45 projetos de diferentes áreas e sem articulação de ações entre os mesmos. As diversas causas e agravantes da pobreza são combatidas de forma ampla e dispersa pelo governo estadual, de modo a despertar a desconfiança de estudiosos. De acordo com o próprio governo, “os projetos aprovados pelo Conselho devem seguir as diretrizes do Plano Estadual de Combate à Pobreza, como: superação da pobreza e redução das desigualdades sociais; acesso de pessoas, famílias e comunidades a oportunidades de desenvolvimento integral; geração de oportunidades econômicas e de inserção de pessoas na faixa economicamente ativa no setor produtivo; e combate aos mecanismos de geração da pobreza e de desigualdades sociais”. Tudo o que o governo se propuser a fazer, se encaixa nas diretrizes por ele mesmo estabelecidas.

Mais matérias
desta edição