app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Política

Collor apoia constru��o de aterro no Litoral Norte

Japaratinga – Cinco municípios se uniram por meio do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento da Região Norte de Alagoas (Conorte/AL) para eliminar os lixões e implantar um aterro sanitário de uso coletivo. A proposta foi apresentada ontem durante o 1º

Por | Edição do dia 06/04/2013 - Matéria atualizada em 06/04/2013 às 00h00

Japaratinga – Cinco municípios se uniram por meio do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento da Região Norte de Alagoas (Conorte/AL) para eliminar os lixões e implantar um aterro sanitário de uso coletivo. A proposta foi apresentada ontem durante o 1º Encontro de Prefeitos da Região Norte realizado no Hotel Albacora, em Japaratinga. O tema central foi a elaboração do plano regional de resíduos sólidos. A implantação do plano é uma das metas do presidente do Conorte, Newberto Neves (PRP), prefeito de Japaratinga. Responsável pela realização do evento, ele convidou o senador Fernando Collor (PTB) para participar do encontro com os prefeitos. “Convidamos todos os prefeitos da região Norte para que neste dia, junto com o senador Collor, possamos estar brigando junto ao governo federal para buscarmos investimentos, recursos, voltados à construção do aterro sanitário da região Norte de Alagoas”, disse Neves. O senador destacou a eficácia desta nova modalidade de gestão pública, que prima pela otimização dos recursos públicos aliada à eficiência na prestação dos serviços à comunidade. “Uma coisa é trabalhar com 10 projetos diferentes de municípios da mesma região, outra coisa é juntar esses 10 projetos num só, em forma de consórcio. Assim fica muito mais fácil liberarmos esses recursos para que, depois, os prefeitos possam utilizá-los da melhor forma”, comparou Collor. Segundo o gerente geral do Conorte, Aderson França, os municípios de Japaratinga, Maragogi, Porto Calvo, Matriz do Camaragibe e Porto de Pedras estão habilitados a desenvolver o plano regional de resíduos sólidos e buscar recursos para a implantação do aterro sanitário. Outros sete municípios da região Norte já manifestaram interesse e devem se integrar oficialmente ao Conorte em breve.

Mais matérias
desta edição