app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Política

Clima de esperan�a e responsabilidade

São Paulo – O deputado federal e senador eleito, Aloízio Mercadante (PT-SP), disse pouco antes do encontro com empresários e sindicalistas, com os quais o governo eleito pretende assinar um pacto social, que o País vive um clima positivo de esperança e r

Por | Edição do dia 08/11/2002 - Matéria atualizada em 08/11/2002 às 00h00

São Paulo – O deputado federal e senador eleito, Aloízio Mercadante (PT-SP), disse pouco antes do encontro com empresários e sindicalistas, com os quais o governo eleito pretende assinar um pacto social, que o País vive um clima positivo de esperança e responsabilidade para chegar a um  acordo positivo entre vários setores da sociedade. “A iniciativa nossa é propor aos vários setores uma agenda de convergência para o Brasil”, disse Mercandante. De acordo com ele, ao longo da história os pactos sociais se mostraram eficientes em outros países. O governo eleito ouvirá as propostas do setores privados e dos sindicatos, com as quais pretende montar uma agenda de discussões e provavelmente grupos de trabalho. Com relação à venda de parte das ações do Banco do Brasil com o uso de recursos do FGTS, Mercadante disse que o PT é favorável ao adiamento dessa operação. Mas, destacou que a decisão cabe ao governo Fernando Henrique Cardoso. Conselho menor O presidente da Federação Brasileira das Associações de Bancos (Febraban), Gabriel Ferreira, afirmou ontem, durante reunião com o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, que a proposta de criação de um Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social no futuro governo “pode muito bem ser executada”. Gabriel disse que o sistema financeiro tem condições de contribuir para o desenvolvimento econômico e social do País.

Mais matérias
desta edição