app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5752
Política

T�o inaugura amplia��o da Agrot�cnica de Satuba

O senador Teotonio Vilela Filho será homenageado hoje, pela manhã, pela Escola Agrotécnica de Satuba, durante inauguração de obras de ampliação, reforma, restauração e aquisição de equipamentos, fruto de convênio envolvendo a instituição escolar, o BID e

Por | Edição do dia 19/11/2002 - Matéria atualizada em 19/11/2002 às 00h00

O senador Teotonio Vilela Filho será homenageado hoje, pela manhã, pela Escola Agrotécnica de Satuba, durante inauguração de obras de ampliação, reforma, restauração e aquisição de equipamentos, fruto de convênio envolvendo a instituição escolar, o BID e o MEC - através do Programa de Expansão de Educação Profissional (Propep). Graças ao convênio, foram investidos recursos da ordem de R$ 1 milhão e 900 mil. Serão entregues várias unidades educativas de produção, dentre elas, uma agroindústria, com capacidade para processar leite, carne e frutas. A agroindústria poderá produzir produtos como iogurte, queijo, leite pasteurizado, frango defumado e abatido, além de polpa de frutas, tendo como matéria-prima a produção da própria escola - frango, leite, frutas, peixe e mel - e de produtores da circunvizinhança. O objetivo é o de gerar fonte de receita para a escola e servir de laboratório para a pesquisa e o ensino. A agroindústria receberá o nome do senador Teotonio Vilela Filho. “É uma homenagem e reconhecimento ao empenho e dedicação do senador Teotonio à nossa unidade de ensino”, observou o diretor da Escola Agrotécnica, Francisco Amorim, lembrando que dentre as 46 escolas agrotécnicas do Brasil, a de Alagoas foi uma das poucas que foi incluída no Proep, o programa do MEC ligado ao BID. “Isto graças à intermediação do senador Teotonio Vilela Filho, que, inclusive, estava presente no momento de assinatura do convênio, ao lado do ministro Paulo Renato e do então diretor-executivo do Proep, Raul do Vale, que participará hoje da solenidade, agora como secretário nacional de Ensino Médio e Tecnológico”, informou. O diretor disse ainda que o convênio tem relação com um projeto estratégico da Escola Agrotécnica, envolvendo obras de construção, ampliação, reforma e aquisição de equipamentos. Ele lembrou que se trata de um programa nacional, que somente algumas escolas agrotécnicas tiveram oportunidade de participar.

Mais matérias
desta edição