app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Política

AMA v� com cautela amplia��o de repasses

A possibilidade de ampliar o valor do repasse orçamentário para Maceió agora que a população passou de 1 milhão de habitantes é tratada com cautela pela Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), mas já movimentou os órgãos da Prefeitura. Por enquanto, é

Por | Edição do dia 31/08/2014 - Matéria atualizada em 31/08/2014 às 00h00

A possibilidade de ampliar o valor do repasse orçamentário para Maceió agora que a população passou de 1 milhão de habitantes é tratada com cautela pela Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), mas já movimentou os órgãos da Prefeitura. Por enquanto, é remota a hipótese de que o dinheiro do governo federal seja maior a partir de agora e somente o TCU poderá tomar uma posição após receber os dados levantados e estimados pelo IBGE. O Tribunal de Contas da União, inclusive, toma como base essas pesquisas para fazer novos cálculos dos coeficientes para o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A assessoria de imprensa da AMA explica que só o fato de a capital passar da casa dos milhões não significa dizer que muda também a classificação econômica. A tabela em que consta a decisão normativa do TCU dos cálculos do coeficiente traz como referência o total de habitantes. Pelo esclarecimento, o aumento da população não interfere, pelo menos agora, em uma mudança da margem de recebimento de recursos orçamentários para Maceió.

Mais matérias
desta edição