app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Política

Governo do Estado culpa limites da LRF

Ainda ontem, a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) iniciou uma Mesa de Negociações Permanente do Governo e representantes do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas. Pleitos da categoria e argumentos do governo foram aprese

Por | Edição do dia 20/05/2015 - Matéria atualizada em 20/05/2015 às 00h00

Ainda ontem, a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) iniciou uma Mesa de Negociações Permanente do Governo e representantes do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas. Pleitos da categoria e argumentos do governo foram apresentados e impedimentos da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) estão sendo trabalhados para viabilizar legalmente as reivindicações. O pagamento do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o fim do número de cotas para progressão do Plano de Cargos, Carreiras e Subsídios (PCCS), o pagamento retroativo das progressões, o enquadramento dos aposentados e o pagamento de risco de vida (periculosidade e insalubridade) foram parte da pauta discutida pelos servidores. “Para a Secretaria de Planejamento e Gestão, tem sido uma tarefa árdua receber pleitos justos, sem contar com uma situação financeira satisfatória no Estado. Atualmente, está extrapolado o limite com despesas de pessoal, em desobediência à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), e o Estado encontra-se obrigado a ter que reduzir as despesas de pessoal ao limite legal, sob pena de responsabilização do governo”, diz trecho da nota divulgada pela Seplag.

Mais matérias
desta edição