app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Política

Collor destaca a��o social de Erm�rio de Moraes

Empreendedor, inovador e visionário. Assim o senador Fernando Collor (PTB) qualificou, em seu discurso, o empresário Antônio Ermírio de Moraes, que recebeu, na manhã de ontem, uma homenagem in memoriam do Senado Federal. O Diploma José Ermírio de Moraes é

Por | Edição do dia 27/05/2015 - Matéria atualizada em 27/05/2015 às 00h00

Empreendedor, inovador e visionário. Assim o senador Fernando Collor (PTB) qualificou, em seu discurso, o empresário Antônio Ermírio de Moraes, que recebeu, na manhã de ontem, uma homenagem in memoriam do Senado Federal. O Diploma José Ermírio de Moraes é concedido a empresários de destaque que contribuíram para a economia nacional e o progresso do País. O destaque deste ano é a homenagem ao empresário Antônio E. de Moraes, filho de José Ermírio de Moraes, que dá nome ao prêmio. Para Collor, Antônio E. de Moraes era um homem à frente de seu tempo, pois acreditava no poder da inovação como instrumento essencial ao desenvolvimento da sociedade e do País. O senador lembrou que o novo quase sempre é alvo de incompreensões, porque confronta estruturas arcaicas e poderosos interesses. Tarefa essa, explicou o senador, extremamente dura, que pressupõe convicção das ações que estão sendo tomadas e exige do decisor, ao mesmo tempo, uma infinita capacidade de resistir aos reproches e, no limite, até às sabotagens. “Antônio Ermírio estava plenamente convencido – e cada vez mais gente parece estar chegando à mesma conclusão – de que é preciso inovar para obtermos produtos e serviços melhores, estejam esses produtos e serviços relacionados à indústria do cimento, à indústria automobilística, a outros campos industriais, ao comércio, ao setor de serviços ou à administração pública”, expôs o senador em discurso na tribuna do Senado, parabenizando os demais homenageados na sessão solene de ontem. De acordo com o senador, o desejo permanente de realizar o novo, enfrentar interesses e defender o desenvolvimento do Brasil permitiram a Antônio Ermírio de Moraes forjar um império industrial que gera dezenas de milhares de empregos nos setores de cimento, metais, energia, siderurgia, celulose, agroindústria e finanças, o Grupo Votorantim. Até hoje, o empresário é consagrado como um dos mais respeitados industriais do Brasil. Entre os anos 1971 e 2008, o empresário presidiu a Real e Benemérita Associação Portuguesa de Beneficência, transformando-a em um dos mais avançados complexos hospitalares privados da América Latina. Outras organizações não governamentais, como a Associação Cruz Verde de São Paulo e a Fundação Antônio Prudente, também tiveram o privilégio de contar com a colaboração entusiasmada de Ermírio de Moraes. No discurso, Collor apontou que um cidadão com tal perfil idealista, que casava tão bem virtudes como o empreendedorismo e a benemerência, também haveria de, cedo ou tarde, incursionar pela política. Em 1986, Antônio Ermírio se candidatou ao governo de São Paulo, numa eleição histórica que até hoje o povo daquele estado tem na memória. Seu desempenho ao longo da campanha, lembrou o senador, mostrava que já era o momento de se adotar, no Brasil, uma nova forma de fazer política, calcada muito mais na apresentação de conceitos claros e objetivos e na formulação de propostas substantivas, e muito menos na repetição de chavões surrados e inconsequentes.

Mais matérias
desta edição