app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Política

APAE de Arapiraca se torna centro de reabilita��o

Crianças, jovens e adultos com problemas ortopédicos ou neurológicos contam em Arapiraca com atendimento especializado, oferecido gratuitamente pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) Núcleo Leda Collor de Mello. Mais de 450 pacientes de

Por | Edição do dia 31/05/2015 - Matéria atualizada em 31/05/2015 às 00h00

Crianças, jovens e adultos com problemas ortopédicos ou neurológicos contam em Arapiraca com atendimento especializado, oferecido gratuitamente pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) Núcleo Leda Collor de Mello. Mais de 450 pacientes de aproximadamente 27 municípios do Agreste e Sertão passam por recuperação no local, que foi reformado e teve adaptações recentemente. Para garantir a ampliação e melhorias nos serviços, a associação conquistou o reconhecimento do Ministério da Saúde como centro de reabilitação e com isso as condições necessárias para o pleno funcionamento. A conquista, segundo a presidente da entidade, Nayara Vital, se deu devido a apoio do senador Fernando Collor de Mello junto à pasta do governo federal. “Concluídas a reforma e adaptações necessárias ao melhor atendimento, já estamos funcionando de acordo com as normas exigidas pelo Ministério da Saúde. Agradecemos todo o apoio que nos foi concedido pelo senador Collor. Nossa equipe de profissionais está empenhada na busca de novos recursos terapêuticos, para ajudar nossos pacientes e seus familiares a terem uma melhor qualidade de vida”, declarou a presidente. Fundada em 2012, a APAE de Arapiraca iniciou o atendimento para apenas 13 pacientes, devido às condições limitadas, inclusive de recursos, conquistados através de doações. Ao se tornar centro de reabilitação, conquistou mais autonomia e condições para a prestação de serviços de reabilitação física e intelectual com atendimento nas áreas de psicopedagogia, serviço social, psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, estimulação precoce, ortopedia, neurologia infantil e adulto, enfermagem e clínica geral. Entre as terapias ofertadas também está a zooterapia, que se utiliza de pequenos animais como cachorros, galinhas e pássaros no tratamento com crianças. E os resultados podem ser conferidos e comemorados por pacientes e seus familiares.

Mais matérias
desta edição