app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Política

Collor exp�e ‘estranhos contratos’ de Janot

O líder do PTB no Senado, Fernando Collor, apontou, durante a sessão de ontem, para a recorrente postura do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de celebrar generosos contratos sem licitação, especialmente, com uma empresa que supostamente presta

Por | Edição do dia 18/06/2015 - Matéria atualizada em 18/06/2015 às 00h00

O líder do PTB no Senado, Fernando Collor, apontou, durante a sessão de ontem, para a recorrente postura do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de celebrar generosos contratos sem licitação, especialmente, com uma empresa que supostamente presta serviço de comunicação desde o tempo que o representante da PGR era diretor da Escola Superior do Ministério Público. O parlamentar revelou, também, que Janot locou uma luxuosa casa pelo valor de R$ 65 mil por mês e, oito meses após a locação e mais de R$ 1 milhão gastos em reforma, o local está vazio. No discurso, Collor chamou a atenção para uma investigação realizada pelo Ministério Público do Mato Grosso, em que a mesma empresa (Oficina da Palavras), que presta até hoje serviço para Janot na procuradoria-geral, é investigada por ter sido contratada sem licitação pela Secretaria de Estado Extraordinária da Copa. O senador apontou, também, que a mesma empresa foi contratada várias vezes pela PGR sem licitação, inclusive, com aditivos, mas com nomes diferentes.

Mais matérias
desta edição