app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Política

AMA quer mais autonomia para munic�pio

Um país continental, com inúmeras desigualdades, não pode tratar seus 5.570 municípios de forma igualitária, e falar em equilíbrio e ajustes sem antes observar o que acontece no país. Uma plateia interamericana, superior a 600 pessoas, ouviu do presidente

Por | Edição do dia 19/06/2015 - Matéria atualizada em 19/06/2015 às 00h00

Um país continental, com inúmeras desigualdades, não pode tratar seus 5.570 municípios de forma igualitária, e falar em equilíbrio e ajustes sem antes observar o que acontece no país. Uma plateia interamericana, superior a 600 pessoas, ouviu do presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), prefeito Marcelo Beltrão, que as cidades passam por um desfinanciamento na execução das políticas públicas, por causa da concentração de recursos pelo governo federal. Beltrão, que é também segundo secretário da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) representou o Brasil, esta semana, na XXI Conferência Interamericana de Prefeitos e Autoridades Locais, promovida pela Universidade de Miami, para discutir a gestão das cidades em tempos de crise e conflito. Palestrante na plenária principal de inauguração do evento, o presidente da AMA apresentou o panorama da crise dos municípios brasileiros mostrando que desde a promulgação da Constituição Federal em 1988, quando os Municípios foram elevados à condição de entes federados autônomos ocorre uma constante descentralização da execução das políticas públicas, sem os correspondentes recursos financeiros para fazer frente a estas novas responsabilidades.

Mais matérias
desta edição