app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Política

Licita��o de transporte sai dia 27

O prefeito Rui Palmeira (PSDB) reforçou ontem, em entrevista a TV Gazeta, que o edital de licitação do transporte público será lançado no próximo dia 27 e, até o final de outubro, os contratos com as empresas serão assinados. Com a realização da primeira

Por | Edição do dia 25/07/2015 - Matéria atualizada em 25/07/2015 às 00h00

O prefeito Rui Palmeira (PSDB) reforçou ontem, em entrevista a TV Gazeta, que o edital de licitação do transporte público será lançado no próximo dia 27 e, até o final de outubro, os contratos com as empresas serão assinados. Com a realização da primeira licitação do transporte público de Maceió, toda a frota terá que se adequar às novas regras do processo. No próximo ano, as passagens serão todas eletrônicas e os coletivos passarão a contar com uma rede wi-fi. Além disso, no intervalo de uma hora e meia, os usuários poderão pegar dois coletivos pagando apenas uma passagem por meio da chamada “integração temporal”. “Realmente houve um atraso na licitação porque precisávamos refazer o edital, que apresentava falhas, além da pesquisa de origem e destino que necessitava ser produzida. Agora, vamos deixar cientes o Ministério Público Estadual e o Ministério Público de Contas, além de publicar tudo nos Diários Oficial do Município, Estado e União”, explica Rui Palmeira. Na ocasião, o prefeito disse que 20% da frota das empresas deve estar adequada às novas regras ainda este ano. A primeira medida anunciada pelo prefeito é o sistema de bilhetagem eletrônica, por meio da qual os usuários não vão pagar a passagem ao cobrador com dinheiro, mas usando o bilhete eletrônico, que poderá ser adquirido em 80 pontos de venda de créditos distribuídos na capital, como mercadinhos, postos de combustíveis e bancas de revista. O novo sistema deve diminuir o número de assaltos a ônibus em Maceió. Além da bilhetagem, 100% dos coletivos devem ter acesso para cadeirantes já neste ano. Os ônibus também passarão a contar com rede wi-fi, o que vai permitir o acesso livre à internet dentro dos coletivos.

Mais matérias
desta edição