app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Política

Abastecimento de �gua deve ser ampliado no Estado

A situação do abastecimento de água da capital alagoana pode ser ampliada nos próximos anos. Foi o que revelou a secretária Estadual de Infraestrutura, Maria Aparecida Machado. Em entrevista ao programa Ministério do Povo, da Rádio Gazeta, ela também des

Por | Edição do dia 08/08/2015 - Matéria atualizada em 08/08/2015 às 00h00

A situação do abastecimento de água da capital alagoana pode ser ampliada nos próximos anos. Foi o que revelou a secretária Estadual de Infraestrutura, Maria Aparecida Machado. Em entrevista ao programa Ministério do Povo, da Rádio Gazeta, ela também destacou obras que devem contemplar o saneamento do interior. Entre as obras citadas, ela destacou a entrega do saneamento para a Praia do Francês, em Marechal Deodoro, que também teve uma ordem de serviço assinada, recentemente, para regularizar o esgotamento da cidade. “Além disso, assinamos a ordem de serviço do Sistema Pratagy, que irá melhorar em 40% o abastecimento de água na parte alta da capital. Destravamos também o processo sobre o Catolé/Cardoso para recontratação, que quando estiver operando servirá a parte baixa da cidade”, destacou Maria Aparecida. Conforme revelou a secretária, o interior também está entre as prioridades, tanto que a obra da Adutora do Sertão já foi retomada, e também foi assinada a ordem de serviço da Adutora de Olho d’Água do Casado, para abastecer a cidade e a região do povoado Piau, em Piranhas, além da continuidade das obras da Bacia Leiteira. Em relação a essa obra, ele alertou que as obras estão devagar, porque o Ministério das Integração não conseguiu focar, já que a prioridade foi a captação na Adutora do Canal do Sertão. “Também demos ordem de serviço para Estrela/ Minador do Negrão e devemos dar ordem de serviço também para o reservatório de Olho d’Água das Flores”, completou.

Mais matérias
desta edição