app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Política

Nova avenida tem primeiro trecho inaugurado na orla

A orla de Cruz das Almas começa a ganhar “nova roupagem”. Na manhã de ontem, o prefeito Rui Palmeira (PSDB) inaugurou o primeiro trecho da obra de reurbanização do local, que deverá beneficiar não apenas os moradores e motoristas que trafegam pela região,

Por | Edição do dia 08/08/2015 - Matéria atualizada em 08/08/2015 às 00h00

A orla de Cruz das Almas começa a ganhar “nova roupagem”. Na manhã de ontem, o prefeito Rui Palmeira (PSDB) inaugurou o primeiro trecho da obra de reurbanização do local, que deverá beneficiar não apenas os moradores e motoristas que trafegam pela região, mas o turismo de um dos pontos litorâneos que já foi um dos principais cartões-postais de Maceió. Denominada Avenida Pontes de Miranda, em homenagem ao jurista alagoano que entrou para a história como um dos maiores profissionais do Direito no Brasil e no mundo, a avenida teve o primeiro trecho, de 2,2 quilômetros de extensão e 9 metros de largura entregue totalmente restaurado. Calçada, ciclovia, iluminação, saneamento, drenagem, pavimentação, linha d’água – equipamentos para a prática esportiva e de lazer, que devem ser instalados posteriormente – e toda infraestrutura que dá “vida nova” à região da orla de Cruz das Almas foram entregues em solenidade que reuniu, além do prefeito e de seu vice, Marcelo Palmeira (PP), vereadores, secretários municipais, juristas e lideranças comunitárias. PRESSA A prefeitura tinha urgência em concluir essa primeira etapa da obra, segundo informou o secretário municipal de Infraestrutura e Urbanização, Roberto Fernandes, para desafogar o trânsito no local, mas nos próximos 90 dias o trecho que vai até Jacarecica deve ser concluído. “Estaremos garantindo maior mobilidade aos condutores que seguem pela rua Virgílio da Rocha Malta”, afirmou o secretário. Os congestionamentos na rua eram constantes, o que deve ser solucionado a partir das modificações implementadas com as obras. O valor global da obra corresponde a R$ 28 milhões, provenientes de convênio assinado entre a prefeitura e o Ministério do Turismo. Do montante, de acordo com o prefeito Rui Palmeira, foram empregados na obra até agora R$ 7,8 milhões.

Mais matérias
desta edição