app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Política

Juiz da Ficha Limpa � homenageado

A Câmara de Vereadores concedeu, durante sessão realizada ontem, o título de Cidadão Honorário de Maceió ao juiz Márlon Jacinto Reis, um dos idealizadores da Lei Complementar nº 135/2010, conhecida como “Lei da Ficha Limpa”, que impede a candidatura eleit

Por | Edição do dia 29/08/2015 - Matéria atualizada em 29/08/2015 às 00h00

A Câmara de Vereadores concedeu, durante sessão realizada ontem, o título de Cidadão Honorário de Maceió ao juiz Márlon Jacinto Reis, um dos idealizadores da Lei Complementar nº 135/2010, conhecida como “Lei da Ficha Limpa”, que impede a candidatura eleitoral de políticos condenados criminalmente por colegiado. A homenagem foi proposta pelo vereador Cleber Costa (PT). Para o autor da proposição, o juiz Márlon Reis personifica a necessidade de mudanças no cenário eleitoral atual. “Estamos passando por um momento de renovação da atividade política, do sistema eleitoral e do relacionamento político. E nada mais representativo desse anseio de mudanças que a Lei da Ficha Limpa. E o juiz Márlon mostra à população que é um amante da política bem praticada, onde haja debate de ideias e compromisso com o povo, como deve ser”, explicou o vereador. O magistrado, que também é fundador do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), declarou estar muito honrado e agradecido com a homenagem. Ao lembrar que essa é sua terceira passagem pela cidade, o juiz Márlon Reis mencionou o fortalecimento dos compromissos em Maceió e avaliou a conquista de ter a Lei da Ficha Limpa aprovada. Sancionada no dia 19 de maio de 2010 pelo Congresso Nacional, começou a vigorar nas eleições municipais de 2012, quando tirou do pleito mais de 900 candidatos. “Foi uma grande conquista para o País e estamos com expectativa de que nas próximas eleições essa lei se mostre mais eficaz, já que percebemos que a maior incidência de casos acontece nas eleições municipais. Além de comemorar o passo que foi dado com a Lei da Ficha Limpa, nós queremos que esse projeto ganhe expansão e seja cada vez mais eficaz”, declarou.

Mais matérias
desta edição